segunda-feira, 9 de junho de 2014

7 Razões para consumir gorduras saturadas



1) Melhora dos fatores de risco cardiovasculares:
A gordura saturada desempenha um papel chave na saúde cardiovascular. A adição de gordura saturada na dieta reduz os níveis de uma substância chamada lipoproteína A (não existem medicamentos que a reduzam) que tem forte correlação com o risco para doença cardíaca. Pesquisas mostram que quando mulheres entram em dieta, aquelas que se alimentam comendo um maior percentual de gordura total como gordura saturada, perdem mais peso.

2) Ossos mais fortes :
A gordura saturada é exigida para o cálcio ser eficazmente incorporado ao osso. De acordo com uma das mais importantes experts em pesquisas em gorduras dietéticas e saúde de humanos, a Drª. Mary Enig, Ph.D., essa seria a razão para que algo em torno de 50 por cento das gorduras alimentares serem na forma de gordura saturadas.

3) Saúde do fígado:
A gordura saturada foi demonstrada proteger o fígado do álcool e dos medicamentos, inclusive do acetaminofen (tylenol®) e outras drogas comumente usado para dor e artrite. Pode até mesmo reverter algum dano já ocorrido.

4) Pulmões saudáveis:
Para função adequada, os espaços aéreos dos pulmões têm que ser cobertos com uma camada fina de surfactante pulmonar. O conteúdo lipídico do surfactante é 100 por cento ácidos graxos saturados. A substituição destas gorduras críticas por outros tipos de gorduras torna o surfactante defeituoso e potencialmente causador de dificuldades respiratórias. É possível que a adição de gorduras poliinsaturadas em alimentos comerciais seja um motivo para um aumento da asma entre as crianças 

5) Cérebro saudável:
Seu cérebro é principalmente feito de gordura e colesterol. A maior parte dos ácidos graxos do cérebro são, na verdade, saturados. Uma dieta que restringe gorduras saturadas saudáveis rouba do seu cérebro matérias-primas necessárias para seu funcionamento otimizado.

6) Sinalização adequada entre neurônios:
Algumas gorduras saturadas, particularmente aquelas encontradas na manteiga, banha e gordura de coco funcionam diretamente como mensageiras de sinalização que influenciam o metabolismo, incluindo algumas tarefas críticas como a liberação apropriada da insulina.

7) Sistema imunológico forte:

As gorduras saturadas achadas na manteiga e gordura de coco (ácido mirístico e ácido e láurico) desempenham papéis chave na saúde imunológica. A deficiência de ácidos graxos saturados nas células brancas do sangue diminui sua habilidade de reconhecer e destruir invasores externos, como vírus, bactérias, e fungos.

Texto original AQUI